“Já atendi adolescentes com surtos psicóticos desencadeados pelo uso de maconha, com internações de quatro meses a um ano em hospital psiquiátrico. Exibiam revistas com notícias de que maconha não faz mal.” Pediatra João Paulo B Lotufo no livro “Álcool, Tabaco e Maconha: Drogas Pediátricas”.

Diretores de quatro clínicas particulares em São Paulo- Greenwood, Reviva, Caminho de Luz e Intervir- também já estão tratando dependentes em surto por maconha: “Adolescentes que fumam maconha estão sofrendo surtos psicóticos ou desenvolvendo esquizofrenia”, declaram no livro “Guerra pela vida- A campanha da Jovem Pan contra as drogas”, que escrevi para o Instituto Jovem Pan e publicado pela Editora Sarvier com Editora Triall. Também no livro, a psiquiatra Lucinda do Rosário Trigo revela ter atendido na Clínica Conviver, em São Paulo, dezenas de jovens da alta classe média, que se tornaram esquizofrênicos por uso de maconha. E o psicólogo Marcelo Lobato descreve caso de paciente usuário de maconha , em surto psicótico, que virou andarilho nas ruas de São Paulo.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *